sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Erica Ridley - The Major's Faux Fiancée

Título Traduzido: A Noiva Falsa do Major
Protagonistas: Daphne Vaughan e Major Bartholomew Blackpool

The Dukes Of War 04

Confira outro divertido e emocionante livro da aclamada série de romances da regência "Os Duques da Guerra", da autora best-seller do New York Times e USA Today Erica Ridley!

Quando o Major Bartholomew Blackpool fica sabendo que sua vizinha de infância será forçada a um casamento indesejado, ele volta para casa a fim de se passar por seu falso noivo. Ele imagina que, agora que perdeu uma perna, uma noiva de mentira é o melhor que um ex-soldado pode conseguir. Bartholomew admira a coragem dela, mas a dama merece um homem inteiro — e ele assegurará que ela consiga um.

Miss Daphne Vaughan odeia o fato de que cancelar o falso noivado irá destruir as chances do Major Blackpool encontrar uma noiva de verdade. Ela planeja fazê-lo dispensá-la primeiro. Quem se importa se isso a arruinar? Daphne nunca quis um marido, de qualquer maneira. Mas o major está igualmente determinado que ela rompa o noivado. Com os dois em seu pior comportamento, ninguém esperava que seu falso noivado fosse conduzir ao amor...


Daphne Vaughan havia perdido seu pai, e seu guardião só queria se livrar dela o quanto antes. Ele ameaçou mandá-la para um hospício se ela não se casasse o mais rápido possível, lhe dando uma semana para escolher uma das duas opções. A última coisa que Daphne queria era se casar, e como ir para um hospício estava fora de questão, só havia uma solução: arrumar um noivo de mentira. Dentro de um mês ela teria acesso à sua herança, se tornando independente. Daphne só precisava que alguém passasse aquele mês fingindo ser seu prometido. Depois eles romperiam o noivado e ela ficaria livre para seguir com sua vida. E somente um homem poderia ajudá-la: Bartholomew Blackpool.
Desde que voltara da guerra, o major Bartholomew Blackpool se confinara em sua casa. Ele havia perdido bem mais do que a sua perna na batalha: também havia perdido seu irmão gêmeo. Assim, se isolara e cortara relações com o mundo. Mas ao receber uma carta de Daphne, sua amiga de infância, lhe implorando por ajuda, ele não pensou duas vezes em socorrê-la. Apesar de não se verem há muitos anos, não foi necessário muito esforço para voltarem a ter o companheirismo do passado, nem para convencerem a todos que estavam apaixonados. E em pouco tempo, ambos secretamente ansiavam para que o que havia começado como uma farsa pudesse ser real. Mas Daphne tinha seus motivos para não querer se casar, e Bartholomew não se achava digno de alguém como ela. Quando chegasse a hora de colocar um ponto final no falso noivado, estariam eles dispostos a voltar à vida de antes... ou teriam coragem de superar seus medos e inseguranças para se entregarem ao amor?
Quatro partiram para a guerra...
Apenas três voltaram para casa.
Os Duques da Guerra é uma série de romances históricos que apresenta nobres libertinos e heróis de guerra arrebatadores que voltam da batalha, só para serem lançados no esplendor e loucura da Regência Inglesa. Este é o quarto livro da série e, até o momento, foi o que eu mais custei para entrar no clima da história.

Amo livros em que os protagonistas têm que fingir um relacionamento, só pra se descobrirem apaixonados depois. Acrescente ao enredo um major que carrega no corpo as cicatrizes da guerra e no coração a culpa pela morte do irmão e temos, assim, o livro mais aguardado da série por mim. E ele começou ótimo! De cara já vemos Bartholomew mergulhado numa solidão autoimposta, com seu criado que insiste em tirá-lo dessa situação. A interação dos dois é ótima, o que só fez aumentar a minha empolgação. E então a mocinha entrou em cena.

Eu aceito o fato de Daphne querer ser independente, e até entendo o fato de ela não querer se relacionar com ninguém para se dedicar às suas obras de caridade. Mas vocês já viram alguém fazer o bem aos outros por puro egoísmo? Essa é a motivação da mocinha. Ela quer que as pessoas precisem e sejam dependentes dela, não porque quer ver o bem, mas porque quer atenção. Isso porque atenção é algo que Daphne nunca recebeu em casa. Ela perdeu a mãe muito nova e seu pai era o pároco do vilarejo, o que significava que ele nunca tinha tempo pra ela. Daphne começou a fazer caridade pra tentar conquistar o agrado do pai, e quando isso não deu certo, passou a fazer pela adulação que recebia.
Aquele foi o momento que mudara tudo. O momento em que ela percebeu que se não podia ser desejada, poderia ser necessária. Se não pelo seu pai, então pelas centenas de milhares de pessoas em toda a Inglaterra que não tinham comida para comer ou roupas para vestir.
Capítulo 5 - Página 32
Por isso, apesar de entender a carência de Daphne, custei para me conectar a ela. A achei egoísta demais para uma mocinha, principalmente porque ela queria fazer tudo sozinha. A leitura se arrastou pra mim, porque desanimei um pouco. Mas graças a Deus tinha o Bartholomew pra salvar tudo. Ele era tão incrível e maravilhoso, com uma visão tão baixa sobre si mesmo, que valeu a pena continuar. E eu não sabia, mas a minha antipatia pela Daphne estava prestes a mudar. Conforme ela foi convivendo com Bartholomew e vendo como era o mundo fora de seu vilarejo, foi se tornando uma pessoa melhor. Aí sim o livro passou a ser tudo o que eu esperava.

Bartholomew não se achava digno de Daphne. Ele achava que ela merecia alguém melhor, alguém inteiro, e não alguém sem a perna, que nunca poderia fazer o que outros homens faziam com facilidade.
    Bartholomew havia pensado que ser motivo de escárnio entre seus companheiros da nobreza seria a pior parte de retornar à Sociedade, por mais breve que fosse.
    Agora, ele suspeitava que o pior seria as mil pequenas mortes sempre que desejasse fazer algo e não pudesse. Suas mãos não conheceriam a sensação da cintura de Daphne enquanto a erguia para ajudá-la a subir no cavalo. Seus braços não conheceriam o calor de seu abraço enquanto a puxava para uma valsa. Sua boca não conheceria a sensação de seus lábios, a doçura de um beijo roubado.
    Ele estava ali para ser um noivo de mentira, nada mais. Deveria estar satisfeito com isso. Se não fosse por ela, nunca teria deixado a casa da cidade. Mesmo isso era mais do que o esperado, após o acidente.
    Capítulo 7 - Página 52
E coube à Daphne mostrar a Bartholomew que ele era o homem mais maravilhoso que ela já conhecera. Desse momento em diante, ela parou de pensar só em si mesma e começou a pensar de verdade no próximo, nos amigos e, principalmente, no homem que finalmente admitiu (pra si mesma) amar. Soube aceitar ajuda e se tornou uma personagem incrível! O que ela fez no final para que Bartholomew deixasse suas inseguranças de lado foi para aplaudir de pé. Se Daphne não se posicionasse do jeito que se posicionou, eles nunca teriam um relacionamento pleno. Adoro quando a mocinha sabe o que quer e sabe se posicionar, sem ceder ao primeiro toque, hehe! E a recompensa veio, da forma mais linda, romântica e maluca possível. Aquilo sim foi uma loucura de amor. Ah, eu adorei!
    Bartholomew virou-se para Daphne, seus olhos solenes.
    — Eu costumava pensar que o momento mais sortudo da minha vida foi quando eu saí do campo de batalha vivo. — Ele levantou os dedos enluvados dela em suas mãos. — Agora sei que foi o dia em que te conheci.
    Daphne sentiu um frio no estômago e sua garganta ficou seca. Ela olhou de volta para ele, sem palavras. Bartholomew era tudo o que ela nunca ousara sonhar.
    Capítulo 14 - página 119
The Major's Faux Fiancée pode até ter começado devagar, mas depois se tornou um livro maravilhoso. Ao final, eu já quase nem lembrava da minha birra com a mocinha. Já estamos de bem e somos boas amigas, hehe. Claaaaro que esse eu recomendo também!


The Dukes Of War:

01- The Viscount's Christmas Temptation - Amelia Pembroke e Benedict St. John (Visconde Sheffield)
01.5- A Lady Amelia Holiday Bonus Story - Amelia St. John e Benedict St. John (Visconde Sheffield)
02- The Earl's Defiant Wallflower - Grace Halton e Oliver York (Conde de Carlisle)
03- The Captain's Bluestocking Mistress - Jane Downing e Capitão Xavier Grey
04- The Major's Faux Fiancée - Daphne Vaughan e Major Bartholomew Blackpool
05- The Brigadier's Runaway Bride - Sarah Fairfax e Brigadeiro Edmund Blackpool
06- The Pirate's Tempting Stowaway - Clara Halton e Gregory Steele (Capitão Blackheart)
07- The Duke's Accidental Wife - Katherine Ross e Lawrence Pembroke (Duque de Ravenwood)
08- All I Want - Matilda Kingsley e Major Owen Turner


*** Suelen Mattos ***
http://lh6.ggpht.com/_2WNpNdgUeb0/TUTUNd_cnxI/AAAAAAAAAyM/ce90pMbLYvc/separador.gif

11 comentários :

  1. pelo visto uma trama com tudo e um pouco mais! adorei os trechos selecionados
    que vontade de ler também
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem bastante coisa acontecendo mesmo, mas sem sufocar a história (graças a Deus). :p

      Excluir
  2. Oi Suelen, td bem?
    Ainda não conhecia, valeu pela dica!
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  3. Essas histórias de época estão sendo puro sucesso, né? Adorei sua dica!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  4. Infelizmente sou daquelas que me bate uma preguiça para ler livros, mas gostaria de praticar mais essa parte que está adormecida em mim.
    Contudo, este não é o tipo de livro que me chame atenção, mas gostei do resumo :)

    XoXo
    - Helena Primeira
    - Helena Primeira Youtube
    - Primeira Panos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que vc encontre um livro que te arrebate e te faça se apaixonar pela leitura. Ler é bom demais, hehe!!!! ♥

      Excluir
  5. Gostei da resenha Suelen. Me pareceu ser um romance envolvente. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    Não conhecia esses livros. Parece ser otimo!
    Adorei a resenha.

    bjs

    Say My Book

    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  7. Ou Su,
    Adorei mais uma dica da Erica.
    Esses romances fakes, sempre rendem momentos divertidos nos livros. saudades de ler a temática, vejo mais filmes assim agora.

    bjs
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir

E aí, o que acharam??? Comentem!!! Adoro ler as opiniões de vocês!!!!

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t   :u

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivos Romantic Girl

Postagens Populares

Rolando No Romantic Girl:

Em Breve!!!
 


Suelen Mattos Romantic Girl | Designed by: Shop Like a Woman , TNB | Distributed by Deluxe Templates